Extensão da metodologia INTERA para jogos do gênero RPG - Etapas

A etapa de requisitos se inicia em conjunto com a de Contextualização e a partir das primeiras reuniões a equipe de análise precisa começar a colher os requisitos do projeto. O papel de maior enfase nesta etapa é a equipe de análise, e ela precisa estar sempre atenta nas reuniões para colher os requisitos, pois o produto final (jogo) terá esses como base.

Os requisitos nada mais é do que uma "lista de desejos'" do demandante e das equipes e são muito importantes para o projeto, pois com eles o jogo começa a tomar forma e melhora a visualização de como ficará. A partir dos requisitos acontece um alinhamento das expectativas de todos os participantes do projeto. Com o levantamento de requisitos, também é possível gerar uma estimativa de tempo e custo do projeto.

Apesar do papel de mais enfase ser do analista, a equipe de desenvolvimento pode ajuda-lo. Os requisitos são divididos em:  Funcionais (funcionalidades que o jogo precisará ter e como será apresentado para o usuário), Não funcionais (questões técnicas do jogo. Ex: acessibilidade, usabilidade, confiabilidade) e Didático-pedagógicos (conceitos/conteúdos que estarão no jogo e como será apresentado no jogo).

Esta etapa é a primeira em que os elementos do tétrade começam a aparecer de forma mais evidente. Separando os tipos de requisitos citados acima nos 4 elementos do tétrade ficará assim:

 

Narrativa: Os requisitos de narrativa estão relacionados a como o demandante e o restante da equipe esperam que a narrativa/dialogo seja. Isto é, como a metodologia em questão é para um jogo do tipo RPG é necessário que os diálogos sejam muito bem formulados e apresentem opções de resposta para o jogador selecionar, onde cada seleção levará para um dialogo diferente. Os diálogos estão ligados as questões didáticas-pedagógicas, pois neles que estão partes do conteúdo que será transmitido para o jogador, então os requisitos pedagógicos são recolhidos aqui. Alguns requisitos que são colhidos são: qual teoria de aprendizagem o jogo terá como base, qual material didático será usado como apoio, algum OA será utilizado como base, etc;
    
Mecânica e Tecnologia: Os requisitos relacionados a mecânica e tecnologia estão voltados as características computacionais (Não funcionais) do jogo. Algumas delas são: em qual plataforma o jogo será desenvolvido, quais as funcionalidades do jogo, para quais plataformas será desenvolvido, como serão as mecânicas e regras do jogo, etc. A maioria dos requisitos relacionados com mecânica e tecnologia estão relacionados a requisitos funcionais e não funcionais. Outro artefato também desenvolvido aqui são os casos de uso que são construído principalmente pela equipe de analise em conjunto da equipe de conteúdo.
    
Estética: A estética está relacionado as questões visuais e auditivas do jogo. Aqui é definido como será o gráfico do jogo (2D, 3D, 2D com elementos 3D, etc), como será a arte do jogo, como serão os personagens. Os requisitos auditivos, também começam a ser definidos, estes são: sons do personagem, sons do menu, sons dos minijogos, etc.

Acessibilidade: Os requisitos de acessibilidade estão ligados aos artefatos anteriores, ou seja, enquanto os requisitos de narrativa, mecânica e tecnologia e estética são coletados, os de acessibilidade voltados para essas questões também devem ser levados em consideração.

Para os profissionais que não possuem muita prática no recolhimento de requisitos, recomenda-se a utilização de um guia presente neste link.

As entradas práticas e saídas desta etapa estão no Quadro abaixo e os exemplos de artefatos gerados no desenvolvimento do jogo Expedição Antártica estão neste link.

Além da coleta de requisitos do jogo, também é gerado um documento detalhado de cada missão. Os documento são gerados a partir das entregas que a equipe de conteúdo faz. Neste momento a equipe de análise cria um documento detalhado das funcionalidades das missões e como elas ocorrerão, esse artefato é denominado de caso de uso. Neste momento também acontece a decupagem da missão. Para produzir esses artefatos as entradas necessárias são os wireframes e documentos de arquitetura da narrativa, que são gerados na etapa de arquitetura. Neste momento fica claro o transitar dentro das etapas. Isso ocorre, porque a base do jogo são as narrativas, então para produzir os outros artefatos a narrativa tem de estar com seu desenvolvimento mais avançado.

ENDEREÇO

Rua Abolição, s/n, bloco L, Lab. 119
CEP 09210-180, Santo André, SP - Brasil

intera@ufabc.edu.br

Tel: =55-11-33567363

  • Facebook ícone social
logoufabc_edited.png

© Intera, 2020.